Nossa História



  • Torrent desembarca no Brasil. Sob o comando do executivo indiano Harihar Balkrishna, emprega 78 pessoas e lança seis medicamentos no mercado nacional.
    2002

  • Centro de Pesquisas da matriz da Torrent, na Índia, recebe a certificação da ANVISA para realização de estudos de Bioequivalência e Biodisponibilidade. Em apenas 12 meses no Brasil, a empresa lança 14 similares no mercado nacional e soma uma equipe de 70 Propagandistas, focados em visitas a médicos e farmácias.
    2003

  • O Brasil já é o segundo principal mercado da Torrent. O resultado da filial brasileira nos quatro primeiros meses de 2004 ultrapassa o obtido pela subsidiária da Rússia. Em apenas 20 meses de atuação no Brasil a Torrent tem 162 funcionários e 17 produtos em seu portfólio.
    2004




  • As vendas da Torrent do Brasil dobram no primeiro trimestre.
    2005
  • A subsidiária brasileira alcança a 52ª posição do ranking do Institute for Healthcare Informatics (IMS Health). Com três linhas de medicamentos: Cardiovascular, Antidiabéticos e Sistema Nervoso Central, a empresa soma 19 produtos no mercado nacional.
    2006



  • A Torrent do Brasil completa cinco anos e representa 16% do faturamento da Torrent Pharma, matriz indiana.
    2007


  • A companhia lança o portal científico Torrent Online no Brasil e disponibiliza o que existe de mais inovador em termos de divulgação científica para profissionais de saúde. Em menos de um ano, o Torrent Online contabiliza 15 mil acessos mensais.
    2008

  • A Torrent Pharma completa a fase I do programa avançado de glicosilação de produtos finais para o tratamento de diabéticos com insuficiência cardíaca e suas complicações. E entra na fase II de pesquisa clínica em países da Europa. Subsidiária brasileira conquista o maior prêmio da indústria farmacêutica - o Lupa de Ouro, com Slenfig. Medicamento conquistou 3º lugar na categoria Lançamento Prescrição.
    2009



  • A empresa lança o Epéz no mercado brasileiro, medicamento para tratar o mal de Alzheimer.
    2010

  • A empresa lança o “Torrent no PDV”, programa de educação continuada para profissionais do varejo farmacêutico. No mesmo ano, a Torrent do Brasil surpreende a classe médica ao apresentar uma nova opção para o tratamento de colesterol: o Rosucor, medicamento que tem como princípio ativo a rosuvastatina cálcica, última geração de estatinas.
    2011



  • A companhia completa 10 anos de Brasil, com centenas de profissionais qualificados e 32 medicamentos em seu portfólio.
    2012


  • A Torrent do Brasil lança o Neblock, medicamento para hipertensão, que possui a tecnologia de um bloqueador ? altamente seletivo com a atividade vasodilatadora adicional...

    A empresa entra no segmento de Genéricos, o que fortalece ainda mais sua marca no Brasil.

    2013


  • A subsidiária brasileira lança o medicamento genérico Olmesartana e conquista 10% do mercado no mesmo ano.

    A Torrent Pharma assume nova identidade visual para trazer mais unicidade aos negócios e ao time ao redor do mundo, iniciando nova fase no Brasil.

    2014
< >